Xinxiang Bailu, um produtor de MMCF chinês, se compromete a reduzir as emissões de carbono

[ad_1]

XINXIANG, China, 4 de fevereiro 2021 /PRNewswire/ — A Xinxiang Bailu, um líder mundial de fibras celulósicas artificiais (Man-Made Cellulosic Fiber, MMCF), tem como objetivo atingir o pico das emissões de carbono da empresa até 2028, dois anos antes da meta nacional de 2030, anunciou a empresa em 4 de fevereiro de 2021.

Localizada na China central, a empresa também planeja reduzir 40% das emissões de carbono até 2035 e alcançar a neutralidade de carbono até 2055.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Como produtor líder de MMCF que responde ao objetivo de neutralidade de carbono da China, nos colocamos ao lado de parceiros industriais globais para enfrentar juntos a mudança climática”, disse o Sr. Deshun SONG, Gerente Geral da Xinxiang Bailu.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A meta foi anunciada em meio ao impulso da China para o crescimento verde. O Governo Central enfatizou que a concretização da neutralidade de carbono até 2060 e o pico das emissões de carbono até 2030 são duas metas importantes da China anunciadas durante a recente 75ª sessão da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas.

Para atingir esse objetivo, a Xinxiang Bailu executará um plano de ação climática para reduzir as emissões de carbono durante a produção, que estará em conformidade com o Acordo de Paris e a Agenda Climática 2030 do Conselho Nacional de Têxteis e Vestuário da China (China National Textile & Apparel Council, CNTAC). O plano também inclui a divulgação regular de informações sobre carbono como uma empresa de capital aberto, e o desenvolvimento de produtos MMCF de carbono zero até 2022 para reduzir a pegada de carbono para os clientes da cadeia de fornecimento com o apoio do Grupo de Trabalho CNTAC LCA.

Ao comentar o anúncio, Laila PETRIE, CEO da organização ambiental 2050, disse estar satisfeita em ver cada vez mais empresas têxteis chinesas aderindo à ação climática, e parabenizou a Xinxiang Bailu por esta jornada. Ela disse que as empresas produtoras que alcançarem uma verdadeira descarbonização serão um motor eficaz da transição climática na cadeia de valor têxtil mundial.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

ZHANG Zixin, Secretário Geral da iniciativa Colaboração para o Desenvolvimento Sustentável da Viscose (Collaboration for Sustainable Development of Viscose, CV) disse: “Estamos muito felizes que este membro da CV esteja se tornando um líder em vez de um seguidor. O compromisso da Xinxiang Bailu tem demonstrado um papel exemplar para os membros da CV e até mesmo para todo o setor de celulose.

“O que aprendemos com a pandemia de Covid-19 é que, diante de uma crise comum, ninguém pode estar sozinho, nosso setor pode agir coletivamente pelo clima mais do que quando estamos sozinhos.” Acrescentou Sr. SONG, da Xinxiang Bailu. A empresa colaborará com a equipe CNTAC SDG, a iniciativa CV e outros parceiros-chave, para criar uma força-tarefa de ação climática que garanta a futura neutralidade de carbono da Xinxiang Bailu.

Vídeo – https://mma.prnewswire.com/media/1433191/video.mp4  

 

FONTE Xinxiang Bailu



[ad_2]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *