senhas de LinkedIn, Netflix e outros foram vazadas

[ad_1]

Recentemente, o Brasil presenciou o maior vazamento de dados da sua história, expondo mais de 223 milhões de pessoas, mas esse problema também ocorre no restante do mundo. Agora, outro conjunto de dados com mais de 3,2 bilhões de credenciais de acesso a grandes serviços está sendo disponibilizado gratuitamente em fóruns internacionais. Assim, esse banco de dados, o maior já liberado dessa forma, reúne logins e senhas vazadas para acesso em plataformas como Netflix, LinkedIn, Bitcoin e outras.

É provável que você também goste:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

UOL Play: conheça o novo serviço de streaming do UOL que vai concorrer com Netflix e TV paga

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Brasil representa quase metade dos casos relacionados a vazamento de cartões no mundo

Hacker afirma que dados vazados de 223 milhões vieram da Serasa

Dessa forma, a chamada “Compilação de Várias Brechas” traria credenciais disponíveis em texto simples, que permitem a organização dos dados e a separação do volume de acordo com o número de e-mails disponíveis. Entretanto, como esses dados estão disponíveis de forma individual, podem se repetir para mais de um serviço.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Brasileiros também tiveram dados expostos 

Além disso, também não é possível saber exatamente quantos brasileiros foram afetados. No entanto, uma pequena amostra disponibilizada pelos especialistas do CyberNews, responsáveis pela revelação, já inclui endereços e nomes de usuário pertencentes a pessoas morando no Brasil. Por fim, uma análise mais completa está sendo realizada pelos pesquisadores.

Esse novo volume ultrapassa em mais do que o dobro o tamanho do maior banco de dados vazados registrado anteriormente. Em 2017, veio a público uma lista com 1,4 bilhão de credenciais obtidas a partir de comprometimentos em plataformas como LinkedIn, Minecraft, Netflix, Badoo e Pastebin. Dessa forma, a ideia é unir todas essas informações com novas brechas que aconteceram desde então.

Saiba se você teve algum dado vazado 

Então, se você quer saber se teve suas credenciais também vazadas, pode utilizar essa ferramenta, criada pelo Portal CyberNews para saber se os seus dados foram expostos. Por fim, o recomendado é que usuários que tiveram suas credenciais comprometidas alterem suas senhas o mais rápido possível. Isso vale tanto nos serviços vazados quanto em outros que compartilhem as mesmas combinações. Além disso, se você está entre aqueles que não sofreram exposição de dados, procure também formas de manter suas senhas mais seguras.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: sitthiphong / Shutterstock.com



[ad_2]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *