KLM suspenderá temporariamente voos para o Brasil e outros países

[ad_1]

Devido a medidas mais rígidas adotadas pelo governo holandês, a partir de 22 de janeiro, a companhia KLM irá suspender temporariamente a maioria dos seus voos para a América Latina (incluindo o Brasil), África do Sul e Reino Unido. A nova regra estabelece que, para entrar na Holanda, passageiros e tripulantes deverão se submeter a um teste rápido pouco antes da viagem, além de apresentar o exame RT-PCR negativo feito com pelo menos 72 horas antes do voo.

A companhia explica que a suspensão dos voos visa evitar que seus tripulantes fiquem presos no exterior sem poder retornar ao país caso contraiam o novo coronavírus. A KLM afirmou ainda que enquanto tal medida estiver em vigor, será “impossível” manter suas operações intercontinentais e em destinos onde há pernoite de tripulantes.

Acreditamos que a medida extrema seja uma forma de pressionar o governo a abrir uma exceção pelo menos para os funcionários da companhia. Resta saber se haverá algum acordo antes de sexta-feira para evitar que os voos sejam de fato suspensos.

Os passageiros que forem impactados com o cancelamento de voos deverão entrar em contato com a companhia para verificar as opções de remarcação, acomodação ou reembolso.

No Brasil, a KLM opera voos regulares de Amsterdã para São Paulo, Rio de Janeiro e Fortaleza. Embora em frequências menores que antes da pandemia, todas as rotas já haviam sido retomadas.

Com informações do site IG Economia.


Veja também:

[ad_2]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *